Rei-chan e Ran-Ran

naiveland:

É tesão, mas é amor também. É vontade de fazer sexo selvagem, e vontade de te amar calmo e carinhoso. Vontade de ser prensada na parede e ter os cabelos puxados, mas vontade também de dormir de  conchinha com você fazendo um cafuné. Vontade de ficar contigo num sábado a noite e em uma quarta-feira a tarde. Quero ser tua melhor transa, e quero ser teu maior amor. Não é só sexo moreno. 

jc-lost-in-love:

E o amor não se acaba quando o tesão ainda reina….
:)

jc-lost-in-love:

E o amor não se acaba quando o tesão ainda reina….

:)

“Não sou safada moreno, você que é muito gostoso.”
— (via safadamente—meiga)
hopee-in-love:

Beijos no pescoço, mordida nos lábios, arrumar o cabelo e me olhar nos olhos. Porra, é covardia.

hopee-in-love:

Beijos no pescoço, mordida nos lábios, arrumar o cabelo e me olhar nos olhos. Porra, é covardia.

mente-de-um-bipolar:

E nesse jogo perigoso, o desejo sempre fala mais alto, não controlo meus extintos, sinto o sangue ferver, seu calor mim invade, sua essência corrompe minha inocência (….

mente-de-um-bipolar:

E nesse jogo perigoso, o desejo sempre fala mais alto, não controlo meus extintos, sinto o sangue ferver, seu calor mim invade, sua essência corrompe minha inocência (….

jc-lost-in-love:

"           Ela estava ainda mais perturbadora. Havia soltado parte dos cabelos. Mantinha a postura de controle. Puxou-me pela mão.  O mundo desapareceu por trás de mim.           Nossa respiração se fez mais ofegante. Aproximei minha boca de seu pescoço e começamos algo parecido com uma dança. Uma dança onde nossos corpos estavam quentes. Senti a temperatura de sua nuca quando a segurei. nossos passos seguiram até que esbarrássemos na parede. Ela me puxou pela cintura. Apertou-me.”

jc-lost-in-love:

"           Ela estava ainda mais perturbadora. Havia soltado parte dos cabelos. Mantinha a postura de controle. Puxou-me pela mão.  O mundo desapareceu por trás de mim.
           Nossa respiração se fez mais ofegante. Aproximei minha boca de seu pescoço e começamos algo parecido com uma dança. Uma dança onde nossos corpos estavam quentes. Senti a temperatura de sua nuca quando a segurei. nossos passos seguiram até que esbarrássemos na parede. Ela me puxou pela cintura. Apertou-me.”

“Mas eu tenho medo."
“Não tenha medo, tenha tesão. O frio da barriga é o mesmo,
o que muda são as deliciosas sensações.”
— (via novinhamaliciosa)
“- Puta que pariu.
- O que aconteceu?
- É ela. Ela me deixa louco de tesão, cara.”
— M.J (via tesouraria)
“- Eu a amei até a morte.
- Como assim? Você continua viva.
- Quem dera eu estivesse viva. Eu morri no dia em que ela me disse Adeus.”

Cartas para Patrícia.

 

(via sou-guerra)